• Tudo Holanda

Um monumento sutil e importante na Europa

Andando por Roterdã, Amsterdã e muitas outras cidades européias, você pode ter notado os pequenos quadrados de metal na calçada em frente a algumas casas. São chamados “Stolpersteine” e fazem parte de um memorial para as vítimas do nazismo. O artista alemão Gunter Demnig iniciou o projeto em 1992. Desde então, 70.000 pedras foram colocadas em mais de 1.200 cidades e vilas em mais de vinte países europeus. A palavra Stolpersteine ​​significa pedras-obstáculos, e de uma maneira metafórica é exatamente isso que eles pretendem alcançar: você anda na rua, olha ao seu redor e tropeça numa pedra, implorando por um breve momento de recordação. O texto quase sempre começa com as palavras “aqui morava”, seguidas pelo nome de uma pessoa, seu ano de nascimento e então, em palavras curtas e simples, seu destino: o momento de deportar ou ser preso, a hora e o lugar onde foi morto: Auschwitz, Bergen-Belsen, Sobibor e tantos mais. A maioria das pedras traz os nomes e destinos de vítimas judias, mas há pedras para outros que sofreram perseguição nazista: pessoas das comunidades Sinti e Romani, gays e lésbicas, membros da resistência, pessoas com deficiência, membros dos partidos comunistas e outros. Anne Frank é lembrada por uma pedra em Amsterdã e outra em Aachen, onde ela viveu brevemente antes de fugir para a Holanda. Nossos tours sempre vamos indicar uma pedra para voce conhecer o monumento. E quando você se deparar com uma Stolperstein, abaixe-se, leia o nome, as datas e pense brevemente na enorme história por trás daquela pequena pedra e da pessoa cujo nome não será apagado.

#pedrasnacalcada #holanda #Nederland #netherlands #pedrasnaeuropa #stolpersteine #tudoholanda

0 visualização
 

©2020 by Tudo Holanda. Proudly created with Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now