• Tudo Holanda

A Árvore de Anne Frank: a história cresce


Em 13 de maio de 1944, Anne Frank escreveu em seu famoso diário: “Nosso castanheiro está em plena floração. Está coberto de folhas e é ainda mais bonito que no ano passado.”

A árvore sobre a qual Anne Frank escreveu era uma castanha da Índia (Aesculus hippocastanum) que crescia num jardim atrás do seu esconderijo em Prinsengracht, era uma das poucas árvores que Anne podia ver. É mencionado três vezes em seu diário. Em 2006, o município descobriu que a árvore estava em más condições, com uma grande parte do tronco apodrecendo. Um suporte de aço foi construído, mas em 23 de agosto de 2010, por volta das 13:30 da tarde, o gigante caiu.

Um projeto foi iniciado para continuar a vida da árvore, plantando mudas da árvore em todo o mundo. Há mudas crescendo em Londres, Madri e Paris e há uma em Nova York, no local do World Trade Center. Dez outras estão em outras cidades americanas. Uma muda foi enviada para a Córsega, a ilha onde a população se recusou a entregar os judeus, com base em sua antiga tradição de hospitalidade. Várias cidades alemãs têm uma muda. Na Holanda, muitas cidades receberam. Em Haia, cresce em um local secreto até ser uma grande árvore.

TudoHolanda mora em Schiedam, na orla do parque mais antigo do país, e nossa Árvore Anne Frank fica a menos de cem metros de nossa casa. Nos sentimos privilegiados por estarmos tão intimamente conectados a essa rede mundial de história, lembrança e esperança.

#guiabrasileironaholanda #toursnaholanda #holanda #annefrank #toursexclusivosnaholanda #arvoreannefrank #guiasnaholanda

 

©2020 by Tudo Holanda. Proudly created with Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now