Arte nos PaísesBaixos: Maurits Escher, o hipster da arte holandesa.

Uma paisagem em preto e branco, mudando para blocos abstratos, mudando para animais. Uma casa cheia de escadas que se conectam, mas ao mesmo tempo continuam subindo e subindo, ou uma mão segurando uma esfera refletindo o artista fazendo um auto-retrato. A maioria de nós está familiarizada com as obras de Escher. Maurits ‘Mauk’ Escher nasceu em 17 de junho de 1898 em Leeuwarden, uma cidade no norte da Holanda. Seu pai era engenheiro e passou anos trabalhando no Japão. Um de se

Arte nos Países Baixos: Vermeer

O holandês Johannes Vermeer nasceu e morreu na cidade de Delft, com 43 anos de idade. Famoso pintor da idade do Ouro holandesa (século XVII). Sua característica são pontos de luz destacados, vindos principalmente de uma janela. O pintor geralmente retratava situações do dia a dia em uma casa. Ao pintor são atribuídas 35 obras. A mais famosa:  Het meisje met de parel(Moça com brinco de pérolas) virou até filme (homônimo) e é exibida na Mauritshuis em Haia (foto). Nós do @tudoh

Arte nos Países Baixos: Rembrandt

Considerado um dos mais importantes pintores do mundo, Rembrandt nasceu em Leiden em 1606. Rembrandt era o mestre da técnica chiaroscuro, ele usava o contraste forte entre partes da obra muito escura e pontos de luz para acentuar o objeto ou pessoa. Rembrandt e Caravaggio são os nomes mais importantes dessa técnica. Coincidência ou não a vida pessoal de Rembrandt também foi chiaroscuro, com amantes e filhos mortos, com êxito e riqueza, fracasso e pobreza. Morreu pobre em 1669

Museus na Holanda- parte 2: Kröller-Müller

O Kröller-Müller é o Inhotim da Holanda. Um museu ao ar livre localizado no Hoge Veluwe National Park em Otterlo, no centro da Holanda (80 km de Amsterdam). Se você já esteve em Inhotim vai ter a mesma sensação de andar pelo parque e ser surpreendido por uma obra de arte. Como em Inhotim muitas obras foram feitas pensando no lugar, onde a arte encontra a natureza. É fantástico! É um dos maiores jardins de esculturas da Europa, com cerca de 160 esculturas icônicas! E não para